Marcadores

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Ser Pastor - Pr. Irland Pereira de Azevedo

SER PASTOR - 1Coríntios 4:1, 2; 1Timóteo 3:1

Pr. Irland Pereira de Azevedo

Chamado pelo Senhor no dia mesmo de minha conversão aos 15 anos e meio, mas entregue nas mãos do Eterno aos seis meses de idade, quando desenganado pelos médicos, fui a Ele dedicado por minha mãe, para “ser como um desses pregadores que aparecem entre nós” – dizia ela ao referir-se a pregadores presbiterianos que iam a Bom Destino, município de S. Fidélis, e falavam de Jesus à nossa gente. Sim, há mais de quatro décadas estou a servir ao Senhor, com alegria, no Ministério da Palavra. E folgo em dizer aos colegas que, se Deus costumasse fazer clonagem, e me quisesse clonar mil vezes, gostaria de ser Pastor mil vezes...

De certo ser pastor é uma infelicidade, uma empreitada penosa e difícil, uma caminhada de desencantos, para quem não for realmente vocacionado pelo Senhor.

Chamado, entretanto, o homem de Deus sente o privilégio de a Ele dedicar o melhor de sua vida, de ao Seu povo servir, de aos homens comunicar a palavra de salvação, não obstante as dificuldades e aflições que lhe sobrevêm.

Mas, que é ser pastor? Qual é o quid proprium, a natureza mesma do ser pastor?

Responde o Apóstolo das Gentes, colega nosso, que “os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus” (1Cort. 4:1), e que a obra do episcopado é excelente (1Tim. 3:1).

Entendo, meus companheiros no bendito Ministério, que SER PASTOR é estar inserido no plano de Deus para a redenção da humanidade. Deus não tem outro plano: nem enviar seus anjos, nem dispor de um imenso amplificador para que Sua própria voz transmita com perfeição, e sem distorções, Sua palavra de redenção[1]. Seu plano consistiu no envio de homens - “Houve um homem enviado de Deus cujo nome era João...” (João 1:6).

 SER PASTOR é ser auxiliar de Cristo, a “remar” no barco de Seu Reino, sob suas ordens; não é ser dono da igreja, nem definidor de seu destino. É, sim, estar com Cristo, para assisti-lo. E é ser mordomo, administrador responsável dos mistérios de Deus, Evangelho que por séculos esteve oculto dos homens e que se manifestou em Cristo.

 SER PASTOR é ser arauto que solene, grave e dignamente anuncia os decretos do Rei; é ser profeta a falar da parte do Senhor; é ser sacerdote, - por que não? - a abraçar as aflições e as dores da humanidade e levá-las à presença do Sumo Sacerdote, Jesus Cristo.

 SER PASTOR é ser mestre, a retirar das despensas de Deus a palavra que instrui, informa, transforma e orienta para o tempo e a eternidade.

 SER PASTOR é ser conselheiro pronto a ouvir, compreender e ajudar; e amigo que tem a palavra oportuna e veraz, a mediar o bálsamo divino para corações feridos.

 SER PASTOR é ser líder do povo de Deus, que aparece menos pela autoridade que reivindica, pelo domínio que pretende exercer, e mais, muito mais, pelo caráter, pela integridade, pelo exemplo.(1Ped. 5:2, 3).

 SER PASTOR não é ser o “faz-tudo”, o “manda-chuvas”, o “super-astro”[2]  a brilhar na ribalta de uma tribuna sagrada que se transforma em  passarela de exibicionismo e vaidade. Não. É ser “preparador”, “treinador”, “habilitador” do povo de Deus para que este sirva, edifique a igreja, promova o Reino de Deus no mundo, cresça enquanto serve, sirva enquanto amadurece e tem por padrão a excelência da estatura do varão perfeito - Jesus Cristo.

 SER PASTOR não é ser super-homem ou semideus. É ser homem, comum, normal, mas sobrenaturalmente habilitado para servir ao povo de Deus. É ser homem de verdade e da verdade. É ter os pés no chão do sofrimento, das necessidades e desafios humanos e a cabeça no céu das provisões divinas para um mundo carente.

 SER PASTOR é ser capaz de no mesmo dia sorrir e chorar, celebrar a vida e consolar na morte; é ter coração simples com de uma criança para perdoar, e forte como de um gigante, para a sucessão muita vez pavorosa, de experiências traumatizantes.

 SER PASTOR é viver no tempo, a edificar para a eternidade; é ser construtor de pontes, pelo mistério e ministério da Palavra, entre o pecador perdido e o Salvador do mundo; entre pessoas que se estranham e agridem-se; entre o sem sentido da História e o sentido que a Palavra revelada aponta; entre as trevas da ignorância espiritual e a luz do Evangelho da graça; é ser embaixador, a proclamar para os homens de todos os tempos: “Reconciliai-vos com Deus”, por isso que a ele foi entregue o ministério e nele foi posta a Palavra da reconciliação.

 SER PASTOR é ser um paradoxo vivo: é ser afligido e estar sempre alegre; é ser pobre e enriquecer a muitos, e parecer nada possuir, e tudo possuir; é vida que se queima no altar de Deus, entendendo como ventura maior viver e servir.

O Pastor dá razão a Tagore quando afirma: “Sonhei que a vida era alegria; acordei e descobri que viver é servir; servi e descobri que servir é alegria”.

 SER PASTOR é participar de uma obra excelente, bela, que dura, que transcende os limites do espaço e do tempo, que glorifica a Deus; é, por isso, o mais belo dos ofícios, a mais gloriosa das missões, o mais compensador dos sacrifícios.

Ser Pastor requer, entretanto, para que seja experiência venturosa, que o homem de Deus viva no centro da vontade do Senhor e tenha a dedicação exclusiva do soldado, a disciplina rigorosa do atleta, a diligência e perseverança do lavrador, a aplicação diuturna do obreiro a dividir bem a Palavra, a abrir caminhos retos para o caminhar seguro e firme do povo de Deus sob seu cuidado e liderança.

Sejamos Pastores assim, conforme o coração de Deus, e como mordomos fiéis da Palavra eterna.

8 comentários:

  1. José Carlos Roque - Vitória - ES.9 de novembro de 2014 21:07

    Boa palavra pastor, em resumo ser Pastor é chorar com os que choram e se alegrar com os que se alegram e sempre mostrando o Caminho do Pai.

    ResponderExcluir
  2. Lindo testo.sou evangelica, não estou caminhando como deveria no momento. Mas espero no senhor fazer minha parte. No q.ele desejar d.mim. qd.se prova do amor de Deus. Então sabemos bem dq.sr.fala. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Deus esta no controle de tudo. Que Ele continue e te abençoando.

    ResponderExcluir
  4. Deus esta no controle de tudo. Que Ele continue e te abençoando.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Que o Senhor continue te abençoando.

    ResponderExcluir